Psicologia da Fapan promove mesa redonda sobre Saúde e Bem-Estar

athenas Institucional, Psicologia

“Saúde e bem-estar: os múltiplos olhares da Psicologia” foi o tema do encontro que reuniu todas as turmas do curso de Psicologia, além do Coordenador do curso, Prof. Rodrigo Brito, como mediador do debate, e dos conferencistas: Prof. Henrique Delbem, Prof. João Gimenez e Prof. Reginaldo Balestrin, no dia 30 de abril, no Auditório da FAPAN.

O Prof. Henrique Delbem falou sobre: Saúde e Bem-estar na modernidade; o Prof. João Gimenez explanou sobre “Reflexões psicanalíticas sobre felicidade, saúde e bem-estar”; e o Prof. Reginaldo Balestrin trouxe o tema “A dança como possibilidade psicoterapêutica”.

Um dos princípios do Código de Ética da Psicologia é a promoção da saúde e qualidade de vida, de forma que o psicólogo deva atuar com responsabilidade social. Nesta perspectiva, o evento trouxe para os estudantes, a possibilidade de compreender as fundamentações teóricas da Psicologia sobre a saúde e bem-estar, bem como o entendimento de que o exercício profissional esteja com o compromisso de cuidar da saúde mental de toda a sociedade.

“Tivemos a oportunidade de convocar os estudantes para pensarmos juntos um tema que nos atravessa como agentes da Psicologia: a saúde e o bem-estar. Não apenas aderindo-os, mas refletindo sobre seus possíveis sentidos, ampliando-os para uma noção que dialoga com os campos social, cultural e ético, como também seus entrelaçamentos com outro termo que também vem ganhando destaque nas sociedades ocidentais contemporâneas: a felicidade”, explicou o Prof. João Gimenez.

“O empenho cada vez mais determinante de nós seres humanos em busca de uma possível ‘saúde plena e de um bem-estar integral’, é uma constante em nossa sociedade em relação ao que chamamos de estilo de vida moderno. A corrida desenfreada que aspira alcançar uma saúde integral e perfeita, a qual nos propiciará um possível bem estar físico, mental e social, modifica abruptamente o sentido de viver (e estar) no mundo, inclusive transformando incisivamente o comportamento humano, na busca de uma certa ‘plenitude vital (e midiática)’, muitas vezes intangível no que diz respeito à saúde e o próprio prazer em viver. Em um mundo onde indivíduos adoecem cada vez mais, tentando alcançar a intangível perfeição para a vida (em todas as suas dimensões), precisamos parar e refletir sobre os verdadeiros mecanismos que podem nos guiar a um possível equilíbrio, em uma perspectiva holística, que propicie um potencial desenvolvimento humano verdadeiramente saudável e que nos traga o prazer em viver a própria ‘vida como ela é’, imperfeita. Diante destas perspectivas, os espaços de discussões nas academias sobre os processos de saúde e bem-estar na modernidade, são necessários para a transformação e constituição de novos saberes e possíveis reflexões sobre estes temas tão complexos. Por isso, parabenizo a Faculdade do Pantanal – FAPAN, pela abertura e organização do momento de aprendizagem mútua, que se mostra de suma importância para nós docentes e para os acadêmicos do curso de psicologia e a comunidade como um todo”, detalhou o Prof. Henrique Delbem.

“Acredito muito nas ideias lançadas e discursadas no evento, pois utilizar o mês de abril para discutir a saúde e bem-estar como um dos pilares da Psicologia, principalmente ao olhar minucioso da expressão corporal atrelada a dança com uma real possibilidade psicoterapêutica, de forma que a compreensão da temática esteja na perspectiva biopsicossocial”, finalizou o Prof. Reginaldo Balestrin.