Área Restrita

Cáceres defenderá ribeirinhos e população rural na Conferência Estadual do Idoso

14/07/2011
Notícias
Institucional

 

Entre as propostas que defenderão durante a Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa, os delegados cácerenses eleitos na 1ª Conferência Municipal, realizada nas dependências da Faculdade do Pantanal – FAPAN, que se encerrou na última terça-feira (12), vão propor a criação de políticas para ribeirinhos e moradores da zona rural.

 

 

A presidente do Conselho Municipal do Direito do Idoso, Marizete Carneiro, afirmou que o evento atingiu plenamente seus objetivos.

 

Convocada por Decreto Municipal, a Conferência foi coordenada pelo Conselho Municipal em conjunto com a Secretaria Municipal de Ação Social.

 

A secretária Eliene Liberato Dias, destacou a importância da Conferência e os avanços obtidos nos últimos três anos. Ela falou da emoção do município poder junto com o Conselho estar realizando a primeira Conferência Municipal.

 

O prefeito de Cáceres, Túlio Fontes, compareceu ao evento e falou sobre as políticas de valorização dos idosos, crianças e adolescentes desenvolvidas pela sua gestão. Disse ainda que está feliz com os resultados que vem sendo obtidos com as ações que estão sendo executadas pela Secretaria de Ação Social. “Estamos trabalhando em várias frentes, porém de forma organizada e valorizando o dinheiro publico”, enfatizou.

 

O evento contou com a participação da professora da UFMT, Iva Ferreira Gonçalves e do presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa de Mato Grosso, Wuber Jefferson de Sousa Soares.

 

O professor Elvys Ferreira, diretor da instituição sede completou afirmando da importância de uma instituição acadêmica sediar eventos como este da 1ª Conferência Municipal do Idoso. “Debates que vão definir políticas públicas devem estar intimamente ligados ao saber acadêmico, nada mais propício que esta reunião fosse aqui na FAPAN”, concluiu.

 

Veja Também

20/10/2012
Institucional

banco-do-brasil-abre-concurso-em-15-estados-do-pais

Cargo é de escriturário; salário é de R$ 1.892,00. O Banco do Brasil abriu concurso para formação de cadastro de reserva para o cargo de escriturário, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas (parte do estado), Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina (parte do estado) e Sergipe. O salário é de R$ 1.892,00 para jornada de trabalho de 30 horas semanais. O provimento das vagas está sujeito ao planejamento estratégico e às necessidades do Banco do Brasil. O candidato deve ter ensino médio e idade mínima de 18 anos completos até a data da contratação. De acordo com o edital, ficam asseguradas...

Comentários

CAPTCHA Image
Recarregar Imagem